shutterstock_519924262

Credenciamento/Recredenciamento junto ao MEC:

Toda Instituição de Ensino Superior (IES) deve requerer credenciamento junto ao MEC para que possa oferecer cursos de formação em Educação a Distância (EaD) e expedir diplomas e/ou certificados válidos em todo território nacional.

As Instituições que forem credenciadas para EaD, podem oferecer cursos em nível de Graduação e Pós-Graduação (lato e stricto sensu) e deverão realizar, minimamente, as seguintes as etapas, as quais a Consultoria poderá auxiliar:

  • Estruturação de uma equipe multidisciplinar da IES – Times de Trabalho.
  • Criação do Núcleo de Credenciamento Institucional e designação do Procurador Institucional (PI).
  • Analise do cenário de competitividade na região de abrangência da IES para definição do posicionamento estratégico.
  • Preparar o Plano de Gestão da EaD.
  • Levantar e descrever as informações necessárias ao preenchimento do formulário de credenciamento institucional para EaD;
  • Levantar dados relativos ao número de vagas, dimensões das turmas e regime de matrícula incluindo o cronograma de expansão na vigência do PDI (aditamento).
  • Adequar o Projeto Pedagógico de Curso a ser aberto o processo de autorização, bem como sua matriz curricular e bibliografia básica e complementar.
  • Constituir os Colegiados, NDEs e Conselhos Superiores da IES, com vistas a documentar suas ações, exigidas no momento da avaliação in loco.
  • Levantar e descrever as ações necessárias de infraestrutura para o atendimento ao credenciamento institucional, como para acessibilidade e ambiência.
  • Orientar e preparar toda Faculdade, para receber a visita de avaliação do INEP, de acordo com as regras estabelecidas pelo novo instrumento de avaliação.
  • Criar um check list para a visita in loco de credenciamento e autorização de curso.
  • Assessorar a IES para o recebimento das comissões.
  • Planejar workshops de formação profissional para EaD (Acadêmico e Administrativo)

 Autorização e Reconhecimento de Cursos:

O reconhecimento deve ser solicitado pela IES e é condição necessária para a validade nacional dos respectivos diplomas. Para isso, várias etapas devem ser conferidas pela IES, além do planejamento a médio e longo prazos para esta concepção.

Elaboração ou Revisão do Estatuto e Regimento Interno:

O Estatuto tem por objetivo cuidar de assuntos internos e externos da instituição já o Regimento Interno cuida de assuntos exclusivamente internos. Neles incluem: Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI), Projeto Pedagógica Institucional (PPI) e Projeto Pedagógico de Curso (PPC).  Assim, deve ser redigido em forma de lei e prever todos os atos administrativos e/ou pedagógicos, inclusive disciplinares.
Mesmo com autonomia para a implementação das propostas pedagógicas, as orientação trazidas pelas Leis de Diretrizes e Bases (LDB), pelo Conselho Nacional de Educação (CNE) e pelo Plano Nacional de Educação (PNE), devem ser seguidas.

Abertura de Polos

Orientações sobre a documentação necessária, infraestrutura, gestão  e logística de atuação junto a Sede, em cada segmento de atuação. Profissionais necessários e capacitações.

Orientação sobre registros escolares:

Os atos escolares devem ser devidamente registrados. Assim, a IES deve conhecer e elaborar os documentos, de acordo com a lei em vigor.

Cursos de Capacitação Personalizados:

  • Organização da Secretaria Escolar
  • Capacitação de Professores para a execução da Proposta Pedagógica e/ou Regimento Escolar
  • Capacitação de Professores para Mediação Pedagógica em EaD

Consultoria permanente:

Dar suporte contínuo a nossos clientes de forma permanente e assertiva, onde nossos assessores ficam à disposição da equipe gestora da IES para orientações por e-mail e/ou telefone, de forma imediata e simplificada.


CLIQUE AQUI e saiba mais sobre PRODUÇÃO DE MATERIAL DIDÁTICO